Inspiração do Dia

Uma verdade.

Frase linda e inspiradora, não é mesmo? ☺️
E ela é retirada de um livro publicado em 1908 chamado Anne de Green Gables, da autora Lucy Maud Montgomery.
Este livro serviu de inspiração para A série incrível Anne with E! Foi a única série que maratonei desde que o isolamento começou e foi uma delícia acompanhar! Achei tão delicada a forma em que assuntos que estão e são relevantes em debates hoje em dia, são abordados no livro já naquela época…
Vale super essa indicação pro fim de semana, está na @netflix. Só depois que você assiste passa a entender e sentir a comoção rsrs
Quem já assistiu com certeza vai dizer nos comentários: A SÉRIE É LINDA 😍
Acredita em mim e nas milhares de pessoas que imploram pela continuação da série com abaixos assinados. E você já assistiu?

5 lugares para visitar em Campo Grande

Cenas do cotidiano campo-grandense

Oi pessoal, tudo bem? Estava sumida por motivos deste post. SIM, EU ESTAVA VIAJANDO. Viajar é bom demais, eu adoro! Mas para o Mato Grosso do Sul tem um sabor muito especial.  É um sentimento de voltar pra casa, sentir o cheiro do mato, ouvir as araras, ver o lindo pôr do sol e estar com minha família. Como é a capital e as cidades do interior são mais visitadas, CG ficou uma cidade de passagem (chegando no aeroporto) de muitas pessoas que fazem turismo ecológico: pescar em Corumbá, curtir as cachoeiras de Bodoquena ou mergulhar nas águas cristalinas de Bonito. E pra minimizar isto, resolvi trazer um pouco das principais atrações de Campo Grande pra você esticar sua próxima estadia e curtir a Cidade Morena.

1 – Parque das Nações Indígenas

Esse é o local para praticar esportes e relaxar.

Uma manhã de domingo

É um parque urbano com 119 hectares com suporte para lazer, esporte e apresentações artísticas, ao redor de um lago formado pela nascente do córrego Prosa. É um espaço todo arborizado, bem limpo e organizado. Com pistas de skate, corrida, parque para as crianças e um parque adaptado para crianças com necessidades especiais.

2 – Feira Central

Esse é o local ideal para experimentar comidas típicas.

Influenciada pela cultura e culinária dos japoneses, povo que emigrou em massa para a cidade no começo do século XX, a feira tem como destaques os tradicionais sobá, yakisoba e espetinhos com a mandioca amarela da terra. Outras opções são as lojas de artesanato e souvenirs. 

3 – Museu das Culturas Dom Bosco

Esse é o local que você vai aprender sobre os povos indígenas do estado e as origens da cidade.

Conhecido também como Museu do Índio, possui vasto acervo das etnias do MS: Terena,  Kadiweu, Guarani Kaiowa, Kinikinaw, Guato e Ofaie. Tem também acervo mineralógico, palentológico e zoológico do pantanal e do mundo. Com exposições permanentes e temporárias.

4 – Mercadão

Aqui você vai comprar temperos, frutas e erva de tereré.

Orgânicos fresquinhos tem aqui!

Muitos produtores rurais tem suas banquinhas aqui no Mercadão: legumes, verduras, frutas, temperos… Tem carne, queijo, linguiça, um mercado de respeito. Entre uma comprinha e outra você pode aproveitar e fazer um lanchinho porque lá também tem aonde comer.

5 – Parque Estadual do Prosa

Peguei a foto do site https://www.imasul.ms.gov.br/

Segundo o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul “ Tem como objetivo principal preservar amostras de ecossistemas do cerrado, espécies da flora e fauna nele associadas, as nascentes do Córrego Prosa, a valorização do patrimônio paisagístico e cultural da região, objetivando sua utilização para fins de pesquisa científica, educação ambiental, recreação e turismo em contato com a natureza.” Então se você pretende fazer turismo ecológico mas sem sair da cidade, é aqui que você tem que vir. O Parque representa um dos últimos remanescentes de cerrado dentro do perímetro urbano. Abrange espécies regionais da fauna e da flora ameaçadas de extinção.